terça-feira, 15 de novembro de 2011

ensino à distância da universidade stanford grátis


OLHA SÓ QUE LANCE LEGAL

Este projeto de ensino à distância gratuito é financiado pela Sequoia Capital, a mesma empresa que ajudou a lançar o Google, Yahoo, Nvidia e muitas outras empresas de tecnologia de sucesso. Existem várias colaborações entre cientistas da Universidade de Stanford e pesquisadores brasileiros, inclusive há cientistas brasileiros prestigiados que lecionam naquela instituição de ensino superior.
A Universidade de Stanford agora permite que você melhore seu currículo gratuitamente ao fazer um curso à distância gratuito. Os cursos incluem o mesmo conteúdo ensinado no próprio campus da universidade com aulas em vídeos online que também podem ser baixados, slides, material de leitura, trabalhos para serem feitos em casa, exames e testes.
O projeto Standford Engineering Everywhere (SEE) consiste em um site de curso grátis que já está oferecendo três diferentes cursos online gratuitamente, cada um com, no mínimo, três diferentes módulos. O programa está disponibilizando uma das seqüências de engenharia mais populares da universidade em cursos grátis de introdução à Ciência da Computação. Estes cursos são feitos para a maioria dos estudantes de graduação da própria faculdade.
Os cursos escolhidos são uma base importante para estudantes de Engenharia da Computação e Engenharia elétrica que permitem também passar para cursos mais avançados em Inteligência Artificial e Sistema Lineares e Otimização.
Não é necessário se registrar no site. É claro que os cursos são em inglês, você necessitará habilidade ao menos no inglês técnico para concluir o curso online gratis.
No SEE você não terá interação com instrutores ou professores: não poderá tirar dúvidas ou ter os seus trabalhados e provas avaliados. Mas as comunidades online da própria universidade poderão oferecer recursos para que os estudantes do SEE discutam o trabalho realizado no decorrer do curso.
Você quer um “curso de grátis“? Visite o Standford Engineering Everywhere
Caso prefira o site com tradução para o português CLIQUE AQUI

DICA: Ao clicar no módulo, ele oferece o software "Stanford Eclipse" para Windows e outros ambientes. Baixando-o você pode acessar os conteúdos. 
fonte: hypescience.com

como nasceu a universidade stanford

Malcolm Forbes conta que uma senhora,usando um vestido de algodão já desbotado, e seu marido trajando um velho terno feito à mão, desceram do trem em Boston, EUA, e se dirigiram timidamente ao escritório do presidente da Universidade Harvard. Eles vinham de Palo Alto, Califórnia e não haviam marcado entrevista.
A secretária, num relance, achou que aqueles dois com aparência de caipiras do interior, nada tinham a fazer em Harvard.
"Queremos falar com o presidente" , disse o homem em voz baixa.
"Ele vai estar ocupado o dia todo" , respondeu rispidamente a secretária "Está bem, respondeu o homem, nós vamos esperar."
A secretária os ignorou por horas a fio, esperando que o casal finalmente desistisse e fosse embora. Mas eles ficaram ali, e a secretária, um tanto frustrada, decidiu incomodar o presidente, embora detestasse fazer isso.
"Se o senhor falar com eles apenas por alguns minutos, talvez resolvam ir embora" , disse ela.
O presidente suspirou com irritação, mas concordou. Alguém da sua importância não tinha tempo para gente desse tipo, e ele detestava vestidos desbotados e ternos puídos em seu escritório.
Com o rosto fechado, ele foi até o casal.
"Tivemos um filho que estudou em Harvard durante um ano disse a mulher. Ele amava Harvard e foi muito feliz aqui, mas, há um ano atrás ele morreu num acidente e gostaríamos de erigir um monumento em honra a ele em algum lugar do campus".
"Minha senhora , disse rudemente o presidente , não podemos erigir uma estátua para cada pessoa que estudou em Harvard e morreu, se o fizéssemos, este lugar pareceria um cemitério".
"Oh, não , respondeu rapidamente a senhora. Não queremos erigir uma estátua. Gostaríamos de doar um edifício à Harvard."
O presidente olhou para o vestido desbotado da mulher e para o velho terno do marido, e exclamou:
"Um edifício! Os senhores têm sequer uma pálida idéia de quanto custa um edifício? A Harvard tem mais de sete milhões e meio de dólares em prédios".
A senhora ficou em silêncio por um momento, e então disse ao marido:
"Se é só isso que custa uma universidade, por que não termos a nossa própria"? O marido concordou.
O casal Leland Stanford levantou-se e saiu, deixando o presidente confuso.
Viajando de volta para Palo Alto, na Califórnia, eles fundaram ali a Universidade Stanford, uma das melhores do mundo, em homenagem a seu filho, ex-aluno da Harvard.

texto: desconheço autoria
imagem: universidade stanford - google
música: powered by www.encrencamidis.com

sábado, 19 de fevereiro de 2011

um silêncio recebido por e-mail

No primeiro e-mail, escreveu tudo o que queria dizer no espaço para “assunto”. Mensagem completa:
- Adorei, envie mais
Sorriso feliz; sensação de ter tocado alguém. Faço montagens e formatações de PPS, com alguns textos que escrevo e, uma das coisas mais gostosas, é receber algum e-mail pedindo mais.
Adicionei aos contatos e comecei a enviar novas mensagens. Novas respostas monossilábicas, sempre uma ou duas palavras no “assunto”. Ali, ela já definia tudo: a mensagem, o gostar, os votos de continue assim, os parabéns, etc. Me acostumei com o pouco que muito dizia.
Até que um dia, as palavras minguaram tanto que o e-mail veio sem uma única palavra no assunto, ou melhor, veio: “sem assunto” Procurei no corpo do e-mail – neca, nadica, coisninhuma.
- Puxa, ela enviou um silêncio dessa vez!
Ri muito da idéia. Detalhe que se esquece fácil, mas o pensamento começou a pipocar sem parar.
Teria sido alguma história que escrevi e que a deixou sem palavras? Mulher abstrata. Será que morri e, distraído como sempre, nem notei? Dizem que a gente morre e fica um tempão de cérebro anestesiado, achando que os que estão em volta estão meio doidinhos. Como quem tivesse cheirado uma carreirinha de pó de crematório. Deus me livre – idéia tonta.
Divertido com a brincadeira, continuei navegando e pensando cada possibilidade com a seriedade de um menino construindo uma pipa.
- Lógico! Quis dizer que a vida dela é uma coisa branca e sem graça. Meus PPS são os lápis de cor de sua existência. A tinta que pinta lindas paisagens e dá vida aos seus sonhos.
Muita pretensão. A chave, certamente está no branco. Branco transmite uma porção de coisas: Paz, esquecimento, pureza de noiva, susto, fígado e estômago ruim. Fígado não – amarelo é que lembra. Devo transmitir-lhe paz, é isso! Casar, acho que não. Quem está assustado não manda e-mail – disca 190. Fígado ruim, além da cor inadequada, só faria alguém enviar e-mail para o SUS. Já sei: amor. O amor é fisicamente branco. Isso porque, em Física, branco são todas as cores juntas. Ninguém discorda que o amor é policolorido. Particularmente, acho que deveria ser vermelho. Leiloca misteriosa!
Descobri pela remetência que o nome dela é Leiloca. Quem seria Leiloca?
Seria Leila, homem burro! Ninguém registra uma criança no cartório com nome de Leiloca. No ginásio fui apaixonado por uma Leila. Parecia uma princesa. Pele muito clara, branquinha... Longos cabelos negros, linda feito a lua e... era um pouquinho gaga. Quantas noites sonhei com seus beijos. Mais que isso, sonhava que ela me desse um beijo gago – daqueles que não conseguisse terminar nunca. Não ganhei o beijo gago, mas meu coração não sabia se batia ou não quando a via. Meu coração gaguejava por ela. Mas, estava falando da Leiloca de hoje. Real e palpável. Palpável sim, ela existe em algum lugar, de onde envia silêncios.
Uma garota adolescente encantada com minhas crônicas de amor? Fico imaginando um homem maduro como eu, acompanhando o evoluir de uma adolescente, sua vida, seus estudos. Estudante de odontologia tem orgulho e até dorme de branco. Pijama, calça, blusa, jalequinho, calcinha, sutiã. Um teclado de piano na boca - sem os bemóis, claro! (Bemol é a cárie do piano). Ou teria feito curso de auxiliar de enfermagem? Uma médica? E, se for uma professora de medicina aposentada, charmosíssima e delicada senhora no ápice de suas 80 juventudes?
Imagino ser uma linda mulher madura. Inteligente é. Linda também. Esperta. Cheia de curvas e pernas roliças. O pensamento avança:
- Rolando abraçados, numa cama com lençóis e fronhas de cetim branco. Olhares no fundo da alma de cada um. Oceano de paixão, carinho, ternura. Longos orgasmos implosivos e silenciosos. Daqueles que beira a morte ter que calar. O teto branco, girando, girando. Promessas de amor infinito. Tenho quase que absoluta incerteza que só pode ser isso.
De repente, um aperto no coração. Um medo enorme de molhar os lençóis de cetim desarrumados, em razão de um pensamento impossível. Em nossa vida, acontecem as coisas mais absurdas. Mas, por mais cruel ou absurda que seja uma idéia, deve ser considerada:
Ia enviar um e-mail para Patrício Carlos – seu atual namorado - terminando tudo. Começou pelo destinatário; sem querer clicou no Paulo que, por uma dessas ironias do alfabeto, vinha logo abaixo.
Na pressa - ao invés de deletar – clicou em enviar.

texto: paulo moreira
Imagem: photoforum.com

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Sobre o Moodle e Data de Publicação de Notas

Reproduzimos abaixo, nossas colocações e posterior comunicado do Prof. Tutor Antonino Salvatierra, em atenção aos nossos questionamentos sobre prorrogação de datas de publicação de notas e sistema "Moodle", entre outras coisas.

. comunicação enviada para o fórum de alunos:

Essa instituição vem, sistematicamente, prorrogando os prazos com relação a tudo que se refere aos alunos. Pior - veja na resposta dada ao Sr. Rui Curtulo - tenta insinuar de maneira sutil que o professor tutor presencial tem parcela de responsabilidade e está envolvido nisso. Isso é uma inverdade. Em 06/11/2010 ele já havia entregado todos os questionários corrigidos à Universidade, aliás, bem antes disso. Fica claro que o polo nada tem a ver com esses atrasos absurdos, muito pelo contrário.

Como é comum, os senhores passaram, de maneira informal, que as notas sairiam em 01/11/2010; depois, de maneira mais formal, foram comunicando prorrogações através do portal chamado "moodle" (esse é um outro caso especial a ser visto, por favor). A Srª Keith perguntou sobre os prazos. Está publicada apenas a última resposta (Dia 23/11), sendo que, menos de 24 horas antes ela havia recebido um e-mail de vocês, confirmando a publicação das notas em 17/11/2010.

O quadro de avaliação antes era publicado, ainda que sem a nota da prova. Ficou vinculada a entrega dos questionários, a uma "avaliação" do aluno sobre o desempenho de professores e etc. Notávamos que, a cada não respondido, o percentual global caia, embora aparentemente não devesse influenciar em nada. Forma de coação? Queremos acreditar que não.

Gostaríamos, portanto, de solicitar a essa instituição um pouco mais de respeito para conosco. Prorrogar não nos parece ser solução, SMJ (Salvo Melhor Juízo). E desde há muito, os senhores vêm criando "soluções" através desse expediente.

Para nós é muito importante que nosso diploma venha de uma escola que tenha credibilidade (interna e externamente). Vamos nos esforçar para que, se possível, ela tenha esse predicado.

Resposta enviada:

Prezado Paulo Moreira,

Bom dia! Revendo todas as suas dúvidas e sugestões diante dos assuntos de grande importância para a instituição, gostaria de tecer alguns comentários.

Hoje você está dentro da maior universidade em cursos presenciais e EAD(Ensino a Distância) do país que é o grupo Anhanguera; inserida em vários pontos do Brasil com seus pólos de apoio para tornar um ensino no Brasil sustentável.

Sempre investindo em inovação e tecnologia vem tomando frente a novos desafios, exemplo disso é o sistema Moodle que foi criado para melhorar a comunicação e interação dos alunos. Por ser um sistema novo está passando por alguns ajustes no qual todas as pessoas envolvidas devem contribuir com as melhorias. E você faz parte dessa interação com suas sugestões que para nós vem só acrescentar em buscar ouvir e implementar melhorias para estar sempre competitivo. Tudo isso que vem acontecendo envolve uma logística muito grande começando pelo nosso sistema de produção até a sua satisficação final. Esperamos contar com sua colaboração e entusiasmo de nos ajudar a melhorar nossos processos.

Dentro da sua dúvida maior cabe esclarecer que as notas estarão disponiveis no portal a partir do dia 23.11.2010.

Grato pela Compreensão!

Att.Adm.Antonino Salvatierra

Prof.Tutor a Distância

domingo, 14 de novembro de 2010

Darlinda Suely - A estudante que viu Jesus

Repórter: Você deve ser uma pessoa muito especial e iluminada. Onde estuda mesmo?
Darlinda Suely: Algumas pessoas dizem isso. Estudo no Polo Araras.
Repórter: Falou com Ele?
Darlinda Suely: Não. Apenas o vi. Então, como que num filme, vi o meu futuro.
Repórter: Deve ser brilhante. Você é, sem dúvida uma pessoa inteligente, generosa, boa amiga e excelente aluna - daquelas que só tiram 10.
Darlinda Suely: Não sei se tiro dez, não...
Repórter: Peraí... você é capaz de ver Jesus e não sabe sua nota?
Darlinda Suely: Querido, ver Jesus é facinho...

texto: paulo moreira
imagem: farfallinefelice.blogspot.com

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Além de mudo, burro!

Isso é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com vivos, mortos ou nenhum dos dois, terá sido mera coincidência.

domingo, 29 de agosto de 2010

Só rezando

Força-tarefa de alunos para oração em favor dos que acorregem provas e por desvalidos de RH. Direto de Babel.

imagem: olhares.com - portugal